O badalado e sofisticado japonês Kitchin, no Itaim, abre uma unidade grandiosa no Shopping JK Iguatemi

January 25, 2018

 Por que ir:  do lado de fora já se conclui que o Kitchin não é um japonês qualquer. Na nova unidade, no térreo do Shopping JK Iguatemi, na Vilia Olímpia, os visitantes precisam cruzar um corredor decorado com uma infinidade de cordas, que pendem do teto e revestem as paredes por completo, antes de chegar ao salão.

 

Bem maior que a matriz, no Itaim Bibi, aberta em 2016 e desde então badaladíssima, a filial dispõe de um belo bar repleto de garrafas de sakê, janelões de vidro e um balcão para quem quer comer na frente da equipe do sushiman Denis Watanabe.

 

Os sócios do negócio são os mesmos do outro Kitchin: Watanabe, Gabriel Diniz Abrão e sua irmã Marcella Diniz Abrão, netos do Abílio Diniz, e os maîtres-gerentes Fernando Ramalho Silva e José Ferreira Souza.

 

 ideal para:  casais - grupos de amigos - primeiro encontro - encontro de negócios - bater papo com um amigo 

 

 

 

 Leia também:

 

 Casa Camolese: o novo point no Jockey carioca 

 

 Os ingredientes do bar MeGusta, em SP? Drinks inusitados e petiscos apimentados 

 

 Por que ir ao novo izakaya no Leblon, da rede Let'Sushi 

 

 

 Dica:  tente ir à noite, para contemplar melhor a iluminação e o clima refinado do restaurante.

Fotos: divulgação

 Melhores entradas:  tartare de atum com ovas de massagô, cebolinha e gergelim (R$ 48), carpaccio de barriga de salmão com azeite trufado, raspas de limão siciliano e flor de sal (R$ 60) e tofu frito com shimeji e molho oriental (R$ 29).

 

As ostras frescas com molho ponzu, ovas de massagô e cebolinha custam R$ 40 (quatro unidades); os mexilhões no azeite com alho, gengibre, sakê e shoyu, R$ 30 (cinco unidades).

 

 Melhores pratos:  para o verão, recomenda-se começar com a zaru soba, um macarrão de trigo sarraceno servido com gelo, molho frio à base de shoyu e sakê, cebolinha, flocos de peixe seco e wassabi (R$ 45).

 

Nossas duplas de sushis preferidas são a de atum com foie gras (R$ 35), de massagô (R$ 21) e centolla apimentada (R$ 37). Os combinados oscilam entre R$ 94 e R$ 145.

 

Outras boas pedidas são os espetinhos de aspargos (R$ 13) ou berinjela (R$ 10) e o teppanyaki de frutos do mar (R$ 70).

 

 O que beber:  o chardonnay argentino Catena (R$ 176) ou o sakê Hakutsuru Daiginjo (Nigata) (R$ 55 a dose).

 

 Sobremesas que valem as calorias:  o sorvete mochi de doce de leite e outros sabores (R$ 20) é irresistível, refrescante e a melhor pedida. 

 

 Para pagar menos:  o combinado executivo, a R$ 72, inclui três sashimis de salmão, três de atum, cinco sushis variados e quatro uramakis. A R$ 79, o teishoku contém dez peças, anchova ou atum grelhado, gohan, missoshiro e dois acompanhamentos do dia. E há ainda o teishoku de sashimi, pelo mesmo preço, com doze peças, gohan, missoshiro e dois acompanhamentos do dia.

 Onde fica:  Shopping Jk Iguatemi, Avenida Juscelino Kubitschek, 2.041, Piso Térreo, Vila Olímpia, São Paulo.

 

 Horário de funcionamento:  segunda e terça 12h/15h30 e 19h/23h; quarta e quinta 12h/15h30 e 19h/23h30; sexta 12h/15h30 e 19h/0h; sábado 12h/17h e 19h/0h; domingo 12h/17h e 19h/23h.

 

 Site e telefone:  facebook.com/RestauranteKitchin (11) 3152-6071 e 3152-6069.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 All rights reserved

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS E FIQUE A PAR DE TUDO MAIS FACILMENTE!