Comida com clima de fazenda: a proposta do novo restaurante do Eataly, no Itaim, o pop-up Radici per


Por que ir: no andar mais alto do Eataly, no bairro paulistano do Itaim, o Brace é o único empreendimento gastronômico do complexo com área privativa. A cargo da chef Ligia Karazawa, o restaurante está de cara e nome novos até 21 de setembro. Decorado com hortas verticais e árvores frutíferas, ele agora é o Radici per Brace. Trata-se de um pop-up que convida a clientela a apreciar a culinária italiana com sabores da fazenda, em especial as do interior de São Paulo.

Nunca pisou no Eataly? É uma espécie de FNAC gastronômica, dada a imensa variedade de produtos excelentes espalhados por tudo que é lado. Instalado num imóvel de 4,5 mil metros quadrados, o complexo divide-se em 22 departamentos, como padaria e açougue, além dos restaurantes especializados em carnes, pescados, massas, pizzas, grelhados... Fundada em 2007 pelo italiano Oscar Farinetti, a rede tem filiais na Itália, nos Estados Unidos, em Dubai e Istambul. Sócio do grupo, Mario Batali, hoje proscrito após acusações lamentáveis, fazia as vezes de garoto-propaganda.

Ideal para: grupos de amigos - levar os pais - encontro de negócios - casais - bater papo com um amigo

Leia também:

Axado Bar, na Vila Madalena, lembra os melhores de Lisboa

12 hambúrgueres e 40 torneiras de chope artesanal: por que visitar o SPTH, na Vila Madalena

Seis cocktails com pisco para voltar ao Suri, em Pinheiros

Dica: fique atento ao calendário de eventos do Radici, que vai incluir brunch duas vezes por mês, feira com pequenos produtores e noites de vinhos italianos.

Fotos: divulgação

Melhores entradas: para abrir o apetite, peça a opção que une pão de milho e pão italiano, azeite de oliva, creme de queijo Minas e picles de legumes (R$ 14). Na sequência, carne cruda de Angus com mostarda rústica, picles de maxixe, cebola roxa e beterraba com torradas de pão integral (R$ 48) ou ovo orgânico com linguiça de javali, molho rústico de tomate italiano, aspargos e manjericão (R$ 28).

Outra boa escolha são os espetinhos de verduras da estação na brasa com pesto de azeitonas negras e lâmina de presunto de Parma (R$ 28), assim como a polenta cremosa com ragú de cogumelos, pedacinhos de linguiça e ervas silvestres (R$ 28).

Melhores pratos: para quem prefere massa, as dicas são o cappelletti in brodo, recheado de carne e parmesão (R$ 42), e o papardelle ao molho rústico de tomate com almôndegas, azeite de alho, manjericão e pecorino romano (R$ 48 para uma pessoa, R$ 85 para duas).

A paleta de cordeiro com molho de ervas e pimentões assados custa R$ 64, enquanto o peixe empanado com crosta de pão e ervas, berinjelas fritas, molho de tomate e pesto genovês sai a R$ 58.

O que beber: vale a pena provar os cocktails, todos a R$ 30, feitos com produtos da fazenda, como compotas de frutas e verduras. O zappa, por exemplo, mistura vodka, licor de sabugueiro, geleia de damasco e limão cravo. Já o cariola combina vinho rosé, Cointreau, purê de mamão e mix cítrico.

Sobremesas que valem as calorias: vá nos bolinhos de chuva com canela e creme de pudim de leite e caramelo (R$ 32). Há também uma vitrine com bolos e tortas do dia, a R$ 28 cada, que pode vir com gelato, calda de chocolate ou creme de chantilly.

Para pagar menos: pé no freio.

Onde fica: Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1.489, Itaim, São Paulo.

Horário de funcionamento: segunda a quinta 12h/15h e 19h/ 23h; sexta 12h/15h e 19h/23h30; sábado 12h/23h30; domingo 12h/23h

Site e telefone: facebook.com/eatalybrasil/ (11) 3279-3300.

© 2017 All rights reserved

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS E FIQUE A PAR DE TUDO MAIS FACILMENTE!