Campeão do MasterChef, Leo Young assume o Tatá Sushi, no Itaim, e deixa o menu com sua cara


Por que ir: aberto em 2016 na sempre travada Rua João Cachoeira, no Itaim, o Tatá Sushi encanta pelas 23 luminárias orientais que pendem do teto. No início, a casa centrou esforços nos noodles, que não caíram muito no gosto do público. Passados quase dois anos, a cozinha aberta na qual eles eram preparados foi convertida num bar elegante. Outra novidade: desde o começo de 2018, quem comanda a operação é Leo Young, campeão da terceira edição do MasterChef. Novo sócio e chef-executivo do restaurante, ele já deixou o cardápio com a sua cara. Será que os jurados do programa aprovam?

Ideal para: casais - grupos de amigos - bater papo com um amigo - levar os pais - encontro de negócios

Leia também:

O tradicionalíssimo bar Léo agora dispõe de uma filial na Vila Madalena

Pizzaria Ella, no Jardim Botânico carioca, passa a abrir também no almoço

Mississippi Pizza Bar, na Vila Madalena: redondas no estilo romano, drinks e blues

Dica: se puder optar, vá à noite, quando as luminárias orientais ficam mais evidentes e o restaurante ganha um charme extra.

Fotos: Tadeu Brunelli/divulgação

Melhores entradas: comece com o atum selado em pasta de Aka missô com saquê licoroso e óleo de gergelim (R$ 38) ou o carpaccio de salmão trufado com raspas de limão siciliano e flor de sal (R$ 36). A seguir, prove a berinjela japonesa com molho missô (R$ 32).

Melhores pratos: na seção de especiais do cardápio constam o atum marinado em molho dashi com licor de laranja e especiarias (R$ 28), o camarão levemente selado com salsa Nikkei e molho agridoce (R$ 28), e o arroz envolto em alga nori com ovas de salmão, ouriço do mar, atum, flor de sal e toque de yuzu (R$ 32), entre outras opções.

A seleção de sashimis, a R$ 120, inclui lula, shissô, atum, barriga de salmão, robalo, linguado e ovas.

O que beber: quem assina a carta de drinks é Laércio Silva, o Zulu. Uma de suas boas criações é o gin-tônica acrescido de licor de ameixa, saquê e shissô (R$ 31).

Outras sugestões sem erro de cocktails: brasil japão, união de flor comestível, purê de abacaxi, néctar de yuzu, cachaça e saquê (R$ 31); martini tatá, feito com azeitona siciliana, saquê, vodka e bitters (R$ 28); e banzeiro, que leva cachaça, vinho tinto, xarope de bálsamo e espuma cítrica (R$ 26).

Sobremesas que valem as calorias: harumaki de doce de leite, banana e shissô com sorvete artesanal de baunilha e calda de maracujá (R$ 22).

Para pagar menos: quem opta pelo almoço executivo precisa escolher entre três opções.

A sequência de pratos frios e quentes em três etapas + sobremesa custa R$ 68.

O bentô box, combinado que leva ceviche, sunomomo com harussame, conserva de acelga, nasu no missô, gohan e um principal (anchova, fatias de contra filé em molho agridoce, salmão ou sashimi de Salmão) sai por R$ 44.

E há ainda um combinado por R$ 48, que leva cinco sashimis, quatro niguiris, quatro uramakis e duas baterá de salmão.

Nos finais de semana e feriados, essas opções todas ficam um pouco mais caras.

Onde fica: Rua João Cachoeira, 278, Itaim, São Paulo.

Horário de funcionamento: terça a quinta 12h/15h30 e 18h/ 23h30; sexta 12h/15h30 e 18h/0h; sábado 12h/0h; domingo 12h/22h30.

Site e telefone: facebook.com/tatasushibar (11) 3078-2006.

© 2017 All rights reserved

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS E FIQUE A PAR DE TUDO MAIS FACILMENTE!