Sob o comando do chef italiano Andrea Montella, o requintado restaurante do hotel Emiliano, em São P

Por que ir: o restaurante de um dos hotéis mais luxuosos de São Paulo, o Emiliano, sinônimo de atendimento impecável e discreto, está sob o comando do chef italiano Andrea Montella desde o começo de 2016. Com pé-direito altíssimo e um espetacular jardim vertical, o restaurante ganha um charme extra à noite. É o período ideal para apreciar as ótimas receitas que Montella acaba de incluir no cardápio.

Ideal para: casais - encontro de negócios - bater papo com um amigo - grupos de amigos - levar os pais

Leia também:

O tradicionalíssimo bar Léo agora dispõe de uma filial na Vila Madalena

Pizzaria Ella, no Jardim Botânico carioca, passa a abrir também no almoço

Mississippi Pizza Bar, na Vila Madalena: redondas no estilo romano, drinks e blues

Dica: um bom ritual é começar ou terminar a refeição tomando um drink no charmoso bar anexo. Ah, nos finais de semana o restaurante serve um caprichado brunch.

Fotos: divulgação

Melhores entradas: o parfait de foie gras cozido em baixa temperatura, servido com pêra caramelizada ao vinho do Porto e pimenta Sichuan (R$ 90), e o carpaccio de Black Angus com aspargos grelhados, molho de mostarda e lascas de parmesão (R$ 57) são duas das novas entradas mais elogiadas. Outra boa novidade é o tartare de centolla e avocado com lagostins e molho de dill (R$ 84).

A dúzia de ostras, acompanhadas de três tipos de molhos, custa R$ 95 (a meia porção sai a R$ 50). As porções de caviar custam a partir de R$ 400 (150 gramas, da marca Osietra) e são acompanhadas de clara, gema, cebolinha, creme azedo e blini.

Melhores pratos: as novidades recém-incluídas pelo chef Andrea Montella que mais chamam a atenção são o robalo em molho acqua pazza com minilegumes (R$ 92), a merluza negra com nhoque de batata viola, brócolis, molho de limão e alcaparras (R$ 106) e o tagliolini com bolonhesa de lagosta e espuma de trufas (R$ 89).

Se bem que tem também o tagliatelle com ragu de vitelo e favas portuguesas (R$ 82) e o risoto com beterraba orgânica assada e gorgonzola (R$ 75). Para não falar da sensacional cotoletta de vitello à la Milanese (R$ 104).

O que beber: o Emiliano dispõe de uma das cartas de espumantes mais completas do país. São mais de 80 variedades. Lista desde o argentino Mumm Cuvée Réserve Brut, oferecido a R$ 25 (a taça), até preciosidades como o champanhe Veuve Clicquot La Grande Dame Brut Rosé 1998, pelo qual é preciso desembolsar R$ 2800. O bar anexo expede drinks caprichados e inventivos.

Sobremesas que valem as calorias: a cheesecake de limão com pera Williams confitada, cremoso de gengibre, sablé e sorvete de canela (R$ 35), a goiaba confit com sorvete de queijo de cabra e crocante de amêndoas (R$ 35) e o irresistível tiramisù (R$ 35).

Para pagar menos: a R$ 65, o menu-executivo é servido de segunda a sexta, das 12h às 15h. Dá direito a uma taça de espumante, entrada, prato principal e um acompanhamento. Com sobremesa, o valor sobe para R$ 75.

Combinação possível: carpaccio de Black Angus com rúcula e molho de mostarda + galetinho assado com azeite de ervas acompanhado de nhoque trufado + cannolo com cream cheese, frutas cristalizadas e sorvete de pistache.

Onde fica: Rua Oscar Freire, 384, Jardins, São Paulo.

Horário de funcionamento: 12h/15h e 19h/0h.

Site e telefone: facebook.com/emilianohotel e (11) 3068-4390.

© 2017 All rights reserved

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS E FIQUE A PAR DE TUDO MAIS FACILMENTE!