Quase octogenário, o simpático bar Léo abre uma filial no trecho mais fervido da Vila Madalena


Por que ir: lá se vão quase 80 anos desde que o Bar Léo abriu as portas. Instalado desde 1940 na Rua Aurora, na Santa Efigênia, o simpático boteco ganhou em 2017 uma filial em Santana e, em janeiro de 2018, uma unidade da Vila Madalena.

A expansão sepulta o recente passado vergonhoso do Léo, flagrado em 2012 vendendo chope da marca Ashby como se fosse da Brahma. Depois do lamentável episódio, a operação da marca passou para as mãos do grupo Fábrica de Bares, responsável pelo tradicionalíssimo Bar Brahma, entre outros.

Decorado com azulejos com o logotipo do bar, mesas vermelhas e prateleiras de madeira escura repletas de canecas, o Léo da Vila convida a clientela a passar horas por ali petiscando, bebendo chope e jogando conversa fora - e é uma pena que não esteja situado num trecho mais sossegado do bairro.

ideal para: grupos de amigos - bater papo com um amigo - comemorar aniversário - levar os pais - levar amigo gringo

Leia também:

Cinco hambúrgueres novos para provar no RAW Burger, na Vila Madalena

Matilda, nos Jardins, o oitavo negócio da Renata Vanzetto

Hambúrgueres fora do óbvio? Vá ao Indústria Brasileira, no Itaim

Dica: opte por uma das mesas mais afastadas da porta ou da janela. Explica-se: o volume do samba e do pagode que emanam dos bares do outro lado da rua não é brincadeira.

Fotos: Tadeu Brunelli/divulgação

Melhores entradas: os clássicos do Léo são os canapés de carne crua no pão preto (R$ 37) ou de pasta de queijo gorgonzola e copa no mesmo pão (R$ 39). Tem ainda a porção que inclui salsichão com picles, salada de batata, salsicha Frankfurt, bolinho de carne, salsicha com alho, cebolinha em conserva e azeitonas (R$ 39 ou R$ 67, para 1 ou 2 pessoas) e o filé à parmegiana com manjericão cortado em pedacinhos (R$ 59).

Enquanto o pedido não chega, prove o caprichado bolinho de bacalhau (R$ 9, a unidade) ou o de carne temperada (R$ 11, a unidade).

Melhores pratos: alguns deles saem só em determinados dias. É o caso da galinhada com tempero da roça, banana da terra cozida, quiabo no vapor, xerém e arroz branco, servida só às quintas-feiras (R$ 72, para duas pessoas). Ou da feijoada, que chega à mesa acompanhada de joelho de porco à pururuca, preparada só às quartas (R$ 82, para duas pessoas).

Os sanduíches mais pedidos são o polaco, feito com rosbife (R$ 29), e o stadion fest, que combina linguiça provoleta artesanal, molho de tomate, pimentão, cebola em brunoise, chimichurri apimentado, maionese de manjericão e pão francês (R$ 28).

O que beber: o irresistível chopinho da Brahma custa R$ 8,70. Entre as chamadas caipirinhas gourmet, destacam-se a de maracujá, limão, melaço de cana e vodka Absolut (R$ 28) e a de saquê, uva verde e gelo de água de coco (R$ 25). Pois é, não são exatamente caipirinhas, mas quem se importa?

Sobremesa que vale as calorias: strudel de maçã com sorvete (R$ 15,50)

Para pagar menos: às quartas tem chope e caipirinhas (só as mais simples) em dobro.

Onde fica: Rua Aspicuelta, 578, Vila Madalena, São Paulo.

Horário de funcionamento: 11h/último cliente.

ati

Site e telefone: facebook.com/BarLeoOficial (11) 3819-0656.

© 2017 All rights reserved

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS E FIQUE A PAR DE TUDO MAIS FACILMENTE!